Com novo recorde de inadimplência, veja dicas para renegociar dívidas e limpar seu nome

Por Redação em 05/08/2022 às 05:40:29

Em junho, 66,8 milhões de brasileiros tiveram contas atrasadas em maio, de acordo com Serasa Experian. Um dos principais cadastros de restrição ao crédito pode ser consultado gratuitamente. Para limpar o nome do cadastro, umas das opções é renegociar suas dívidas. O segmento de bancos e cartões é o responsável pela maioria das dívidas dos brasileiros.

Divulgação

O número de pessoas com contas atrasadas bateu um novo recorde no Brasil. Segundo dados do Serasa Experian, o país tinha 66,8 milhões de inadimplentes em junho, o maior número de devedores desde 2016, quando o levantamento começou.

O número representa uma alta de 200 mil pessoas em relação ao mês anterior – menor, no entanto, que o crescimento médio de 400 mil registrados em meses anteriores.

O segmento de bancos e cartões é o responsável pela maioria das dívidas, 27,8% do total. Depois, vêm as contas básicas como água, luz e gás, com 22,6%. Em seguida estão os setores de financeiras e de varejo, com 13,2% e 12,5%, respectivamente. Serviços (10,5%), Telefonia (7%) e Securitizadoras (2,2%) terminam o ranking de dívidas por setor.

Inadimplência bate novo recorde e atinge quase 67 milhões de brasileiros, aponta Serasa

Veja dicas para usar o cartão de crédito sem cair na inadimplência

Não pagou o carnê da loja? Veja como renegociar a dívida e manter suas contas no azul

Negociação de dívidas

O cenário de inadimplência geralmente leva os devedores a uma bola de neve, em que uma dívida puxa a outra e os leva a terem seus "nomes sujos" – o que significa ter o Cadastro de Pessoa Física (CPF) inscrito em um banco de dados de restrição ao crédito, como Serasa e SPC.

Com o CPF negativado, a pessoa tem dificuldade em conseguir crédito, e com isso, pode não conseguir comprar um produto a prazo, fazer um financiamento de imóvel ou até mesmo obter um cartão de crédito.

Um dos caminhos para limpar seu nome é o pagamento da dívida para regularização do débito. O consumidor pode procurar diretamente os estabelecimentos que estão devendo para fazer a negociação. Outro caminho é utilizar serviços, como o Serasa Limpa Nome, que apresentam opções para quitar suas dívidas com descontos especiais.

Para todo o mês de agosto, a Serasa desenvolve uma ação para estimular o parcelamento de dívidas sem juros. No período, serão disponibilizadas mais de 48 milhões de débitos para renegociação em até 36 vezes sem juros, com descontos de até 90%.

“É a maior ação de negociação com parcelamento sem juros já realizada no Brasil”, disse Ignacio Dameno, diretor do Serasa Limpa Nome, por meio de comunicado.

Confira as empresas participantes:

Claro

Ativos

Atlântico

Banco BMG

Banco Digio

Banco Digio

Banco Inter

Banco Losango

Banco Neon

Boticário

Bradescard

Bradesco

Bradesco Financiamentos

BTG +

Carrefour

Crediativos

Credsystem

Digio

DmCard

Eudora

FortBrasil

Grupo Tracker

Havan

Hoepers

Intacto

Ipanema

Itapeva

Itau

MGW Ativos

Money Plus

Multi Crédito

Nalin

Net

Nextel

Recovery

Renner

Riachuelo

Santander

Sascar

Sicoob

Sorocred

Uze

Via Varejo

VoxCred

Zema

Disponível nos canais digitais, a ação também pode ser negociada presencialmente nas mais de 6 mil agências dos Correios distribuídas pelo país que oferecem as condições e os descontos da campanha mediante o pagamento de uma taxa de R$3,60.

O consumidor pode conferir se possui parcelas sem juros disponíveis por meio dos canais oficiais da Serasa:

Pelo site serasalimpanome.com.br;

Pelo aplicativo para celular - disponível para download na Google Play e na Apple Store;

Por telefone, pelo número 0800 591 1222;

Pelo WhatsApp, pelo número 11 99575-2096?.

Tenda do Feirão Limpa Nome da Serasa, no Largo da Batata, Zona Oeste da cidade de São Paulo.

GloboNews/Reprodução

Fonte: G1

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90