Taxa de transmissão de Covid sobe mais uma vez no DF; Plano Piloto tem maior número de infectados conhecidos

Por Redação em 19/01/2022 às 19:15:56

Em um dia, índice subiu de 2,31 para 2,46; cada 100 infectados podem contaminar outras 246 pessoas. Ceilândia, que registrava recordes de infecção, agora aparece em 2º lugar no número de casos conhecidos. Homem segura teste rápido de Covid-19, em imagem de arquivo

Leopoldo Silva/Agência Senado

A taxa de transmissão da Covid-19 subiu mais uma vez no Distrito Federal. Nesta quarta-feira (19), o índice chegou a 2,46, tornando-se o segundo maior desde o início da pandemia e ficando atrás apenas de março de 2020, quando esteve em 2,61.

O número aponta que cada 100 infectados podem contaminar outras 246 pessoas. Na terça-feira (18), a taxa de transmissão era de 2,31. Quando o índice fica abaixo de 1, significa queda na transmissão, mas, acima disso, alerta para o aumento de casos.

De acordo com a Secretaria de Saúde, foram registrados, nesta quarta, 2.308 novos casos conhecidos de Covid-19 e mais 3 pessoas morreram. O Plano Piloto é a região com maior número de infectados conhecidos (59.931) e ultrapassou Ceilândia (57.525), que até a semana passada se mantinha em primeiro lugar (saiba mais abaixo).

Desde o início da pandemia, 11.135 pessoas perderam a vida e 553.988 foram infectadas em Brasília. De acordo com a SES-DF, 92,8% dos doentes estão recuperados.

LEIA TAMBÉM:

PROTEÇÃO FACIAL: uso de máscaras volta a ser obrigatório em locais abertos no DF

ALERTA: com 28 mil infecções, DF tem recorde de casos ativos de Covid-19

Perfil das vítimas

Entre os mortos pela Covid-19 no DF, desde o início da pandemia, 10.175 pessoas moravam na capital federal e 960 vieram de outras regiões para buscar atendimento, principalmente do Entorno.

Data das mortes divulgadas nesta quarta-feira (19):

4 de novembro de 2021: 1

6 de dezembro de 2021: 1

18 de janeiro de 2022: 1

Residência

Cruzeiro: 1

Lago Sul: 1

Samambaia: 1

Faixa etária

60 a 69 anos: 1

70 a 79 anos: 2

Leitos de UTI

Até as 16h25 desta quarta-feira, a ocupação dos leitos de UTI reservados para casos da Covid-19, na rede pública do DF, estava em 74,55%. Do total de 75 leitos, 41 estavam ocupados, 14 disponíveis e 20 bloqueados. Os números incluem unidades neonatais, pediátricas e adultas.

Na rede privada, às 11h55, 59,35% das vagas reservadas para infectados estavam ocupadas. Do total de 137 leitos, 74 eram usados, 51 estavam vagos e 12 bloqueados.

Plano Piloto concentra maior número de casos de Covid no DF

O Plano Piloto aparece como a região com maior número de casos por Covid-19 no DF. Até esta quarta-feira, 59.931 pessoas testaram positivo e 780 morreram por causa da doença. Em segundo lugar está Ceilândia, com 57.525 contaminações e 1.690 vidas perdidas.

Uma semana atrás, Ceilândia aparecia em primeiro lugar, no número de infectados conhecidos. Eram 56.718 casos.

O Plano Piloto vinha em segundo lugar, com 56.281 casos. A partir de quinta-feira (13), o Plano Piloto passou a concentrar o maior número conhecido de infecções pelo novo coronavírus.

Veja abaixo os números de casos por região, registrados pela Secretaria de Saúde do DF nesta quarta-feira (19):

Números da Covid-19 por região do DF, em 19 de janeiro de 2022

SES-DF/Reprodução

Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

Fonte: G1/DF

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90