Polícia divulga imagens de suspeito de matar idosa de 79 anos em casa no Guará, no DF

Por Redação em 06/12/2021 às 20:35:23

Vítima foi localizada em cama pela neta, com sinais de estrangulamento. Câmeras de segurança filmaram homem entrando na residência sem nada e saindo com uma mochila. Suspeito de matar idosa no Guará, no DF

Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal divulgou, na noite desta segunda-feira (6), imagens (veja acima) do suspeito de matar uma idosa de 79 anos na casa onde ela morava, na QR 30 do Guará, no Distrito Federal. Geralda Cândida Santos do Nascimento foi encontrada em cima de uma cama, com sinais de estrangulamento.

Segundo as investigações, câmeras de segurança flagraram o homem entrando, sem carregar nada, na casa onde a idosa vivia com duas netas. Momentos depois, ele deixou o local levando uma mochila. Após o crime, parentes da vítima sentiram falta de objetos de valor, como um notebook.

EM SAMAMBAIA: Corpo de mulher é encontrado com marcas de facadas próximo a estação de metrô no DF

VIOLÊNCIA: Feminicídios deixaram 134 vítimas e 151 órfãos no DF, nos últimos seis anos

Vídeo mostra suspeito de matar idosa de 79 anos no DF

Um vídeo divulgado pelos investigadores (assista acima) também mostra o homem deixando as redondezas do local do crime. Ele aparentava estar mancando.

A polícia afirma que quem tiver informações sobre a identidade e o paradeiro do homem pode ajudar na investigação, de forma sigilosa, pelo telefone 197. A suspeita inicial é de latrocínio – roubo seguido de morte.

Suspeito de matar idosa no Guará, no DF

Reprodução

A vítima foi encontrada por uma das netas, que acionou as autoridades. O Corpo de Bombeiros foi ao local e confirmou o óbito e os ferimentos. O caso está sendo investigado pela 4ª Delegacia de Polícia, no Guará.

O delegado Anderson Espíndola afirma que a suspeita é que o crime tenha sido cometido com um fio elétrico. Um cadeado da casa foi encontrado no chão, aberto. Segundo o investigador, apesar da suspeita inicial de latrocínio, "nenhuma outra hipótese foi descartada".

Outro caso

Drielle Ribeiro da Silva foi morta a facadas em Samambaia, no DF

Arquivo pessoal

Na manhã desta segunda, outra mulher foi encontrada morta na capital. Drielle Ribeiro da Silva, de 34 anos, foi localizada próximo a uma estação de metrô, em Samambaia, com marcas de facadas.

O caso foi registrado na 26ª Delegacia de Polícia, de Samambaia Norte. Os investigadores trabalham com uma pessoa suspeita, mas não deram detalhes sobre o caso. Até a última atualização desta reportagem, ninguém tinha sido preso.

Drielle deixa um filho de 1 ano. Ao g1, o irmão da vítima, João Victor da Silva, de 19 anos, contou que os familiares ficaram "muito abalados" com a notícia da morte. "Ninguém esperava que isso fosse acontecer", disse.

O jovem afirmou que, neste domingo (5), a irmã estava em uma distribuidora de bebidas na região e que deve ter sido atacada na volta para casa. "Me disseram que viram ela indo embora."

Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

Fonte: G1/DF

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90