Rio Branco está entre as 24 capitais fora da zona de alerta em relação à ocupação de leitos de UTI Covid

Por Redação em 17/10/2021 às 14:17:45

Dados são da Fiocruz, divulgados semanalmente, Análise ocorreu entre a semana epidemiológica 39 e 40, entre os dias 26 de setembro e 8 de outubro. Rio Branco está entre 24 capitais fora da zona de alerta em relação à ocupação de leitos de UTI Covid

Odair Leal/Secom

A capital acreana, Rio Branco, está entre as 24 capitais do Brasil que estão fora da zona de alerta em relação à ocupação de leitos de UTI Covid, conforme boletim semanal do Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgados na sexta-feira (15), que avaliam o número de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS).

O estudo avaliou os dados correspondentes à semana epidemiológica 39 e 40, no período de 26 de setembro a 8 de outubro. De acordo com a Fiocruz, com 6% de ocupação de leitos de UTI Covid, a capital, assim como todo estado acreano, segue sendo o que tem a menor taxa do país.

No balanço geral, apenas o Distrito Federal está na zona de alerta crítico com ocupação em 89% e o Espírito Santo está na zona de alerta intermediário com 65%. Entre as capitais com maiores números de ocupação estão: Brasília (89%), Vitória (63%) e Porto Alegre (63%).

O Acre está fora da zona de alerta desde à semana contabilizada no dia 10 de maio deste ano. Desde então, o estado vem se mantendo fora da zona crítica, conforme dados da fundação.

LEIA MAIS:

Acre está há mais de 20 semanas fora da zona de alerta em relação à ocupação de leitos de UTI Covid, aponta Fiocruz

Acre registra quatro novos casos de Covid-19 e tem 44 exames à espera de análise neste sábado

Covid-19 no Acre

Até o sábado (16), o Acre registrou 81.005 casos de Covid-19, segundo o boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre) e o número de mortes era de 1.842.

Com 12 pacientes internados nos hospitais de referência, nove estavam com teste positivo para a Covid. O estado tem 44 exames de RT-PCR à espera de análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux.

O Acre está em contaminação comunitária desde o dia 9 de abril, com uma taxa de incidência de 9.831 casos para cada 100 mil habitantes. A taxa de mortalidade em cada 100 mil habitantes é de 206 já a de letalidade - quantidade de mortos dentro dos números confirmados da doença - é de 2%.

Vacinação no Acre

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 1.015.363 doses de vacinas e foram aplicadas 867.717 doses na população até este domingo (17), data da última atualização. Das doses, 540.395 pessoas tomaram a primeira dose, 307.433 a segunda e 12.063 a dose única.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.

Acre está há mais de 20 semanas fora da zona de alerta em relação a ocupação de leitos de UTI Covid

Odair Leal/Secom

G1 em 1 minuto
Comunicar erro
Agro Noticia 728x90