Black Friday aumenta a oportunidade de vendas

Por Redação em 17/10/2021 às 02:16:06

A Black Friday, que ocorre na última sexta-feira de novembro, promete agitar o comércio, portanto, é imprescindível ter parceiros de peso. Black Friday aumenta a oportunidade de vendas

Desde 2010, os brasileiros adotam um evento tipicamente norte americano: a Black Friday, que ocorre sempre na última sexta-feira de novembro, durante o feriado de Ação de Graças. Neste dia, lojas e shoppings passam as madrugadas abertos com filas e mais filas e, claro, promoções imperdíveis. Assim como nos Estados Unidos, o evento já foi incorporado no calendário brasileiro e, hoje, é a segunda data que mais movimenta o comércio nacional. Neste ano, a Black Friday será no dia 26 de novembro e, até lá, os varejistas têm tempo suficiente para se organizarem e planejarem como aumentar o faturamento.

Em 2020, as vendas da Black Friday ultrapassaram R$ 5,1 bilhões, um crescimento de 31% em comparação a 2019, segundo dados da Neotrust/Compre&Confie. Outro dado que impressiona, é o ticket médio, que em 2020 foi de R$ 668,70, aumento de 5,1% em relação ao do ano passado. Ainda segundo o Neotrust, a data “foi um marco para história do e-commerce brasileiro”, pois concentrou “o maior volume de vendas já registrado no país em todos os tempos”.

Para favorecer ainda mais o varejista brasileiro, a Cielo realiza uma parceria para a Black Friday de apoio aos clientes Cielo com soluções diferenciadas. Este é o caso do Elio, que tem uma loja de antiguidades na cidade de São Paulo e pretende aumentar as vendas em até 40% durante a data, com a parceria da Cielo.

“Para a Black Friday, estamos projetando uma campanha com a Cielo, em que vamos disponibilizar alguns produtos com descontos de 30% até 40% e parcelamento em até 10 vezes sem juros para o cliente. Então, nós fizemos esta parceria, em que a Cielo conseguiu também reduzir as taxas, que nós pagaríamos no parcelado normal. Com a entrada da Cielo [no Black Friday], nós estimamos um aumento de 40% no nosso volume de vendas para esses produtos selecionados.”

Para não perder vendas, Elio conta com a parceria da Cielo e, assim, manter o recebimento constante, mesmo em momentos de pico de clientes na loja. Para ele, ter um equipamento rápido e que não falha, é essencial durante o evento. Além disso, o comerciante ressalta o atendimento e a agilidade do suporte técnico, serviço que ele usou poucas vezes, mas que sempre foi prontamente atendido. A parceira também disponibiliza materiais de campanha e, se necessário, um segundo equipamento para a data, ferramentas que, segundo Elio, são primordiais para aproveitar as oportunidades da Black Friday.

Black Friday - Cielo

Divulgação

A confiança de Elio na Cielo já dura 22 anos. O contato entre eles começou quando surgiram os primeiros cartões de crédito e Elio, preocupado em trabalhar com dinheiro e cheque devido ao risco de inadimplência, decidiu se aventurar no novo modo de recebimento no mercado da época. Hoje, ele tem a possibilidade de aceitar mais de 80 bandeiras de cartões, por meio da maquininha Cielo Flash, além de débito, crédito, parcelado, QR Code, PIX e pagamento por aproximação. Elio também ressalta o atendimento próximo e especializado da Cielo com o consultor Elvis, que visita frequentemente a loja dele. Foi por meio do consultor que o comerciante teve a oportunidade de fazer um upgrade do pacote de taxas e, com isso, obteve um aumento de 25% na rentabilidade do negócio.

Mas, não é apenas a maquininha de cartão que será a grande protagonista da Black Friday, já que as vendas online prometem agitar os e-commerces de todo o Brasil. Como é o caso da Paula e da Silvia, duas sócias que se encontraram ao acaso e, hoje, têm uma loja de roupas infantis que atende virtualmente. Elas são parceiras da Cielo desde quando o negócio começou, na época, somente com a Silvia.

“A gente sempre teve só Cielo, nunca teve outro tipo de maquininha. Começaram a lançar essas menorzinhas, mais novas e mais recentes, mas eu tinha medo, porque eu não conheço, não sei que banco e que empresa está por trás disso e aí por segurança, sempre optamos pela Cielo.”

Quando começou, Silvia tinha um pequeno negócio e vendia apenas por meio de malas que deixava na casa das clientes. Com a chegada da Cielo, o impacto nas vendas foi grande, pois comprar pelo cartão de crédito e ainda poder parcelar, possibilitou às clientes comprar mais. As vendas por meio de malas ainda acontecem e, para isso, as empresárias usam o Super Link ou o pagamento à distância que é feito pela maquininha de cartão Lio. Ambos os métodos são extremamente seguros, tanto para o comerciante, quanto para o cliente, que não tem os dados expostos.

Hoje, com a ajuda da sócia Paula, a empresa tem um e-commerce com um provedor escolhido a dedo, justamente para hospedar a API da Cielo e não haver um terceiro intermediando a transação. Para a Black Week, que será uma semana inteira de promoções, as sócias estimam um crescimento nas vendas de até 10 vezes mais. Nesse aspecto, a parceria com a Cielo é fundamental para que o site possa suportar o volume de transações sem oscilações ou quedas.

Independentemente do tipo ou do tamanho do negócio, a Black Friday é um evento que promete movimentar as vendas e, por isso, deve ser aproveitado pelo comércio do Brasil a fora. A Cielo tem ofertas personalizadas para impulsionar qualquer negócio, inclusive, para a Black Friday. Clique aqui, solicite sua oferta e descubra tudo o que a Cielo pode fazer, pois existe Cielo para todo o tipo de Black Friday!

Fonte: G1

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90