Nova Zelândia demite seu mago oficial

Por Redação em 16/10/2021 às 02:13:02

'Bruxo' de 88 anos ganhava mais de R$ 60 mil por ano, na cotação atual, em um contrato com a cidade de Christchurch. Apesar de ter se tornado um símbolo local, declaração recente gerou mal estar. Mago Oficial da Nova Zelândia, em foto de arquivo

Duncan Chen/Flickr

Autoridades neozelandesas encerraram o contrato que tinha com Ian Brackenbury Channell, de 88 anos, que tinha o cargo de Mago Oficial da Nova Zelândia. O rompimento, divulgado nesta sexta-feira (15) pelo jornal britânico "The Guardian", encerra 23 anos de serviços do bruxo.

Channell era contratado pela cidade de Christchurch para promover a cidade por meio de "atos de bruxaria e outros serviços relacionados". O mago ganhava, por ano, 16 mil dólares neozelandeses, valor que equivale a mais de R$ 61 mil reais.

LEIA TAMBÉM:

'Minha antepassada foi queimada como bruxa, mas limpei seu nome 350 anos depois'

De que casa você seria em Hogwarts? Faça o QUIZ

Estudantes têm treinamento de varinha com coreógrafo de Harry Potter

O motivo do rompimento do contrato ainda é motivo de discórdia. Oficialmente, o conselho da cidade de Christchurch, que contratava o mago, disse apenas que decidiu encerrar a parceria. "Ele será sempre parte de nossa história", disse o porta-voz Lynn McClelland, segundo o "Guardian".

O mago, porém, dá outra versão: segundo ele, as autoridades decidiram demiti-lo porque ele não mais está "na vibe" da cidade por o bruxo ser um provocador.

"Isso quer dizer que eu sou chato e velho, mas não tem mais ninguém como eu em Christchurch", afirmou o mago.

Além disso, recentemente, o bruxo idoso mandou mal demais. Em abril, em uma demonstração de machismo inaceitável, ele disse: "Nunca bata em uma mulher porque elas ficam com marcas no corpo muito facilmente, e elas vão contar aos vizinhos e amigos e colocar você em problemas".

Perguntado pela imprensa local se ele amaldiçoaria as autoridades que o demitiram, o mago disse apenas que gostaria de abençoar.

"Eu dou às crianças sonhos felizes, boa saúde, e quero fazer os burocratas se tornarem mais humanos", afirmou.

VÍDEOS: mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias
Comunicar erro
Agro Noticia 728x90