'Faraó dos Bitcoins' vai ter que explicar comida e celulares em sua cela

Por Redação em 06/10/2021 às 14:05:36
Glaidson Acácio dos SantosReprodução

Quatro aparelhos telefônicos foram encontrados, no último dia 28, nas celas e galerias onde o empresário, conhecido como "Faraó dos Bitcoins", estava preso. Por conta disso, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) transferiu o ex-garçom para uma cela individual na penitenciária Laércio da Costa Pellegrino, conhecida como Bangu 1. Na terça-feira, a Justiça tornou o investidor e mais 16 pessoas réus em uma investigação do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal que apura pirâmide financeira praticada pelo grupo criminoso liderado por Acácio e sua mulher, a venezuelana Mirelis Yoseline Díaz Zerpa, de 38, que é considerada foragida.

Os advogados Nabor Bulhões, Nélio Machado, Martsung Alencar e Cláudio Costa sustentarão na audiência que o material encontrado na cadeia não era de Glaidson. Os defensores alegam que a Polícia Civil não identificou os donos dos objetos e por isso ele não poderá ser penalizado. A defesa também quer entender o motivo do pedido de transferência para fora do estado.

Leia mais...

Fonte: IG

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90