Repórter cinematográfico esfaqueado durante assalto em parada de ônibus no DF passa por cirurgia; estado é grave

Por Redação em 04/10/2021 às 15:31:28

Crime foi na manhã desta segunda-feira (4); Magno Lúcio estava a caminho do trabalho. Assaltantes fugiram de carro e não foram encontrados. Magno Lúcio é repórter cinematográfico do SBT e apresenta estado grave de saúde

Facebook/Reprodução

O repórter cinematográfico Magno Lúcio, de 52 anos, esfaqueado nesta segunda-feira (4), durante um assalto em uma parada de ônibus, passou por uma cirurgia no Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Segundo os médicos, o estado de saúde dele é grave.

LEIA TAMBÉM:

SANTA MARIA: Mulher morre após ser esfaqueada em apartamento; companheiro é suspeito

TAGUATINGA: Jovem de 23 anos morre após ser baleado durante assalto

Magno Lúcio trabalha no SBT, em Brasília, e foi ferido na altura do abdômen. Ele esperava o ônibus na EQNP 8/12, no PSul, para ir para o trabalho, por volta das 5h30.

Segundo testemunhas, os assaltantes fugiram de carro, levando pertences da vítima. Ninguém havia sido preso até a publicação dessa reportagem.

A Polícia Civil investiga o caso como tentativa de latrocínio.

Morte de jovem após assalto em Taguatinga

Gabriel Benamor, de 23 anos, foi morto em assalto no DF

Instagram/Reprodução

No sábado (2), um jovem de 23 anos morreu após ser baleado durante um assalto, em uma praça na CNF 2, em Taguatinga. Gabriel Benamor chegou a ser levado a um hospital particular na região, mas não resistiu aos ferimentos.

No domingo (3), a polícia prendeu um suspeito do crime, um homem maior de idade, e apreendeu um adolescente que também teria participado do crime. A dupla foi encontrada em Ceilândia.

De acordo com a investigação, eles queriam roubar o carro de Gabriel. Ainda conforme a polícia, o jovem não reagiu, mas os suspeitos teriam se assustado com a chegada de testemunhas e atiraram contra o rapaz.

Após atirar na vítima, a dupla ainda roubou um outro carro. O veículo foi localizado com eles neste domingo. O caso foi registrado como latrocínio – roubo seguido de morte e, segundo a Polícia Civil, as investigações continuam.

A Polícia Civil localizou a dupla suspeita de matar o jovem, no domingo (3). Os suspeitos são um maior de idade, que foi preso, e um adolescente, que acabou apreendido.

Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

Fonte: G1/DF

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90