Áudio: CPI poderá pedir condução coercitiva se Marcos Tolentino e Marconny Faria faltarem novamente

Por Redação em 13/09/2021 às 18:33:21

Se Marcos Tolentino e Marconny Faria não comparecerem nesta semana para depor à CPI da Pandemia, a comissão poderá solicitar a condução coercitiva de ambos. Eles deveriam ter prestado depoimento no início do mês, mas não se apresentaram à CPI. A comissão investiga as supostas relações de Tolentino e Faria com a Precisa Medicamentos, empresa que atuou como intermediária nas negociações para venda da vacina Covaxin ao Ministério da Fazenda — negociações que acabaram sendo canceladas devido a suspeitas de irregularidades. Marcos Tolentino, que tem depoimento marcado para esta terça-feira (14), é acusado de ser sócio oculto da FIB Bank, que avalizou contratos da Precisa Medicamentos. Já Marconny Faria, que deve depor na quarta-feira (15), teria atuado como representante dessa empresa.

Fonte: Senado Federál

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90