CBF pede que Fifa puna clubes da Premier League que não liberaram jogadores

Por Redação em 08/09/2021 às 13:26:20

A CBF solicitou à Fifa que oito jogadores da seleção que atuam em clubes que integram a Premier League e não foram liberados para os jogos do início deste mês, fiquem proibidos de atuar neste fim de semana. Os regulamentos da Fifa indicam que há obrigação de cessão de atletas para as seleções nacionais. Caso isso não aconteça, eles ficam impedidos de entrar em campo por cinco dias após a janela de jogos internacionais, como a desta semana, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. No caso do pedido da CBF, os jogadores afetados são Roberto Firmino, Fabinho e Alisson, do Liverpool; Ederson e Gabriel Jesus, do Manchester City; Raphinha, do Leeds; Thiago Silva, do Chelsea; e Fred, do Manchester United, esses dois últimos, inclusive, perderiam jogos da Liga dos Campeões na próxima terça-feira.

Os clubes ingleses se recusaram a ceder os jogadores, por o Brasil estar na lista de países em alto risco de contágio do novo coronavírus, o que obrigaria a todos passarem dez dias em isolamento no retorno ao país, sem a possibilidade de participação em treinamentos ou jogos. O atacante Richarlison, do Everton, ficou fora do pedido da CBF feito à Fifa, já que o clube inglês mantém boas relações com a entidade, após a liberação do jogador para a participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A Argentina, por exemplo, conseguiu a cessão de Emiliano Martínez e Emiliano Buendía, do Aston Villa, e de Cristian Romero e Giovani Lo Celso, do Tottenham Hotspur que viajaram para a Croácia, onde puderam passar o período de dez dias realizando treinamentos.

*Com informações da EFE

Fonte: JP

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90