Jogos Olímpicos: irmãos de 1 ano e meio e 3 anos viralizam na web com homenagem aos atletas brasileiros

Por Redação em 26/07/2021 às 16:39:46

Théo, o mais velho, já encantou internautas durante a Copa do Mundo da Rússia, em 2018, quando tinha 6 meses. Agora, a dupla de brasilienses 'estourou o fofurômetro' com fotos de skate, levantamento de peso e revezamento da tocha. Théo Sicsu como skatista, em homenagem aos Jogos Olímpicos de Tokio

Instagra/Reprodução

Durante a Copa do Mundo, em 2018, o bebê Théo Sicsu, com 6 meses de idade, encantou a web ao vestir um figurino que homenageava as seleções do Mundial da Rússia. Em 2021, aos 3 anos, ao lado do irmão Izaque, de um ano e meio, as homenagens de Théo são para os atletas das Olimpíadas de Tóquio.

RELEMBRE: 'Bebê da Copa' assiste a Brasil x Bélgica com uniforme da seleção

Se Théo arrancou suspiros ao aparecer nas redes sociais com fantasias de jogador de futebol, torcedor e até árbitro de vídeo – e virou o "bebê da Copa" – agora, junto com o irmão, "estourou o fofurômetro". A duplinha aparece com skate, levanta "peso" e faz até revezando da tocha olímpica.

A nova temporada de homenagens começou sete dias antes do início dos jogos de Tokio. Até esta segunda-feira (26), foram 23 "produções", todas pensadas pelos pais dos meninos, Débora Penteado e Bernardo Siscu (veja vídeo abaixo).

Irmão Théo e Izaque Sicsu brincam de revezamento da tocha Olímpica

Instagram/Reprodução

Mas a família promete que, assim como as olimpíadas, as homenagens estão só começando. De acordo com a mãe, os meninos ainda vão representar o golfe, o tênis, a natação, o atletismo e muito mais.

"É muito gostoso, é muito legal, eu fico muito feliz, porque é um momento que a gente tem junto, a gente tá brincando junto, conhecendo os esportes. Tá sendo muito divertido, de novo", diz Débora Penteado.

A mãe também conta que, no meio dessa diversão toda, as preferências das crianças vão aparecendo. O esporte da vez é o skate.

LEIA TAMBÉM: Skate chegou a ser proibido nos anos 80 em São Paulo; relembre a polêmica

Izaque Sicsu como skatista nas Olímíadas de Tokio

Instagram/Reprodução

A modalidade de street skate acabou de entrar para os jogos olímpicos e o Brasil já ganhou duas medalhas, com Rayssa Leal e Kelvin Hoefler. Os meninos – como milhares de brasileiros – renderam homenagens aos atletas.

Pai de Kelvin Hoefler celebra medalha do filho nas Olimpíadas de Tóquio e se desculpa com vizinhos por barulho de skate na calçada

'Treinos não atrapalhavam o rendimento', diz coordenadora da escola de Rayssa Leal, a Fadinha, prata no skate street nas Olimpíadas

Irmãos brasilienses fazem sucesso na web como 'crianças das Olímpiadas', no DF

"É isso que eu quero passar para os meus filhos: o amor pelo esporte, e todos esses valores que vêm junto. Acho que é uma forma da gente apresentar várias paixões pra eles", diz Bernardo Sicsu.

Para o pai da Theo e Izaque, o importante é ver os filhos brincando e se divertindo. Mas Bernardo acredita que o esporte deva fazer parte da educação das crianças.

Théo Sicsu reproduzindo um levantamento de peso olímpico

Intagram/Reprudção

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

Fonte: G1/DF

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90