Homem é condenado a 22 anos de prisão por matar companheira com tiro na cabeça em Teresina

Por Redação em 23/07/2021 às 10:30:52

Ele ainda poderá recorrer em liberdade, já que estava solto desde 2018. Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI)

Divulgação

José Raimundo dos Santos Filho foi condenado a 22 anos de prisão em decisão dessa quinta-feira (22), por matar com um tiro na cabeça a companheira Jaqueline Nascimento, em 20214, em Teresina. Ele foi condenado pelo Tribunal Popular do Júri por homicídio duplamente qualificado – motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima.

Após a condenação, o juiz Markus Calado determinou a pena de 22 anos e seis meses de prisão. Ele ficou preso temporariamente entre 2016 e 2018 e, segundo a sentença, poderá ter este período descontado do cumprimento total do tempo de prisão. Ele ainda poderá recorrer em liberdade, já que estava solto desde 2018.

O crime

De acordo com a decisão, o crime aconteceu em 30 de agosto de 2014, quando a vítima procurou José Raimundo em uma “boca de fumo” no bairro Mafrense, na Zona Norte da capital.

Segundo relatos de testemunhas, ela teria ido até ele para buscar um dinheiro, os dois discutiram e ele teria dito que, se ela não fosse embora, “estouraria cabeça dela”. Com o decorrer da discussão, ele atirou na cabeça de Jaqueline.

Em depoimento, ele negou que tenha atirado. Segundo José Raimundo, dois homens em uma moto passaram pelos dois e teriam tentado atingi-lo, mas acabaram atingido a vítima.

Contudo, testemunhas relataram que presenciaram o momento que “o acusado deu um tiro na cabeça da vítima; que o acusado ficou com a vítima no colo dizendo que ela não ia morrer; que quando a ambulância chegou o acusado fugiu”, segundo relato na decisão.

Veja as últimas notícias do G1 Piauí

VÍDEOS: Assista as reportagens mais vistas da Rede Clube
Comunicar erro
Agro Noticia 728x90