Agente, dono de clube e amigo de Crespo: Quem é que movimenta o São Paulo atualmente

Por Redação em 21/07/2021 às 22:25:31

O São Paulo de Hernán Crespo em pouco tempo já faturou um título e recuperou boa parte da confiança do torcedor. A taça do Campeonato Paulista de 2021 encerrou um longo jejum de anos sem títulos. E, claro, essa conquista não seria feita sem alguns reforços. Por isso, mesmo com o título, o clube segue contratando para sanar alguns problemas pontuais no elenco. O ataque talvez seja o grande “terror” de Crespo. A chegada de Darío Benedetto só é possível graças a uma negociação feita pelo São Paulo em conjunto com o Olympique Marseille-FRA e um nome bem conhecido pelo treinador: Christian Bragarnik. Advogado e empresário, ele é o agente do atacante argentino de 32 anos. Mas a versatilidade de Bragarnik vai além de agenciar jogadores.

O agenciamento de treinadores e a inserção em clubes na Argentina, Espanha, Chile e México fazem de Bragarnik um dos homens mais fortes nos bastidores do futebol sul-americano. Quando vivo, Maradona foi agenciado por Bragarnik na carreira de treinador. Inclusive, foi o agente quem levou o ídolo argentino para o Dorados de Sinaloa-MEX e para o Gimnasia y Esgrima-ARG, último clube da carreira de Maradona. Outros treinadores famosos estão na lista de agenciados de Bragarnik: Eduardo Coudet, hoje no Celta-ESP; Jorge Almirón, que treinou o Elche, na temporada passada; e Juan Pablo Vojvoda, hoje treinador do Fortaleza. Amigo de Crespo e também bem influente no Defensa y Justicia, Bragarnik esteve ao lado do treinador e comissão técnica na conquista recente do time na Copa Sul- Americana. E, quando Crespo deixou o clube argentino, o profissional levou para lá Beccacece, outro de seus agenciados.

Três homens beijando uma taça de um campeonato de futebol

Hernan Crespo, Bragarnik e Alejandro Kohan comemoram o título da Sulamericana do Defensa y Justicia. Crédito: Instagram/@crbragarnik

Da mesma forma que pode haver um certo temor pela saída de Crespo para o futebol europeu via Bragarnik, nesse momento tudo indica que o agente estará mais próximo de auxiliar o treinador com jogadores agenciados ou com os quais ele tenha certa proximidade. Um deles inclusive já está no clube: Rigoni. Além de influente no Defensa y Justicia, Bragarnik é o proprietário do Elche, antigo clube do meia-atacante. Por lá, Rigoni não foi bem. No São Paulo, é candidato a ser o principal reforço da temporada. Bragarnik não é o agente do jogador, mas fez o link entre Elche, Crespo e São Paulo.

Homem posando para a foto sorrindo com uma mão no terno preto. Usa gravata listrada azul e branca e tem barba e cabelos grisalhos

Bragarnik é o proprietário do CF Elche, time da segunda divisão espanhola. Crédito: Instagram/@crbragarnik

E, se tiver espaço, a tendência é de que outros jogadores que são agenciados por Bragarnik estejam na rota do São Paulo. O clube segue atrás de reforços. Um primeiro volante para ser substituto de Luan e um zagueiro, de preferência canhoto, estão na lista de desejos (e necessidades) do São Paulo na temporada. Não é impossível imaginar mais um nome que trabalhe com Bragarnik aparecendo no Tricolor.

 

 

Fonte: JP

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90