Randolfe diz que produtora de ivermectina financiou anúncios de 'kit Covid'

Por Redação em 18/07/2021 às 16:16:44

Faturamento da Vitamedic com ivermectina chegou a R$ 734 milhões


O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse neste domingo (18), que a CPI da Covid descobriu algo importante, apesar de não ser surpresa. Segundo o senador, o faturamento das empresas que vendem remédios ineficazes contra a Covid-19 ultrapassou R$500 milhões e teria contado com uma estratégia de anúncios e propagandas muito bem remuneradas.

De acordo com Randolfe, a Associação Médicos pelo Brasil, que divulgava anúncios em defesa do "tratamento precoce", teve estas propagandas patrocinadas pela farmacêutica que produzia ivermectina.

Com o apoio do grupo Médicos Pela Vida, as vendas de ivermectina da Vitamedic, uma das maiores produtoras do medicamento, cresceram 1230% em 2020 em relação a 2019. Segundo o senador, estimas-se que a empresa tenha arrecadado R$ 734 milhões só com esse medicamento do "kit Covid" nesse período.

O grupo Médicos pela Vida mantém a defesa ao tratamento precoce no site da associação e alguns de seus integrantes compõem o chamado 'gabinete paralelo' do governo. O termo de responsabilidade para que os anúncios pudessem ser divulgados foi assinado pelo oftalmologista Antônio Jordão, que aparece ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em uma reunião de setembro de 2020.



Fonte: IG

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90