CPI vai recorrer no STF contra suspensão de quebra de sigilos

Por Redação em 15/06/2021 às 13:23:49


Foram anuladas pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF, a quebra dos sigilos de Camila Giaretta Sachetti, ex-diretora do departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde; e Flávio Werneck, ex-assessor de Relações Internacionais da pasta, que havia sido determinada pela CPI. Já o ministro Nunes Marques suspendeu a quebra do sigilo de ex-secretário executivo do Ministério da Saúde Élcio Franco.

Outros ministros da Corte mantiveram a decisão da CPI de quebrar o sigilo de outras pessoas, como ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo e a secretária de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como "Capitã Cloroquina".


Fonte: IG

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90