Coronavirus 1456x180

Vale indeniza moradores retirados de casa, em Barão de Cocais, na Região Central de MG

Por Redação em 04/03/2021 às 02:30:09


Reprodução/Globocop

Cerca de 200 pessoas que saíram de casa, em Barão de Cocais, vão receber até três salários mínimos mensalmente, após um acordo entre a Vale e as famílias removidas. A audiência contou com a participação dos Ministérios Público Estadual e Federal, além da Defensoria Pública de Minas Gerais, e teve o resultado divulgado nesta quarta-feira (3).

O acordo é parcial e uma nova negociação está agendada para o dia 23 de março. Até lá, as pessoas atingidas que residem na zona de autossalvamento receberão três salários mínimos por adulto, um e meio por adolescente e três quartos do salário mínimo por criança.

Moradores protestam contra a Vale em Barão de Cocais; nesta segunda faz dois anos que eles foram retirados de casa

ANM interdita complexo minerário Gongo Soco, da Vale, por risco de rompimento

Mina Gongo Soco da Vale tem movimentação de 4 cm por dia, segundo Defesa Civil de MG

De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), os valores devidos pela vale serão pagos em duas parcelas, correspondentes à metade do valor, cada uma delas. O primeiro pagamento será feito em até 15 dias, a partir desta quarta-feira. O segundo pagamento, em até 45 dias após a quitação da primeira. Ainda segundo o TJMG, o processo que trata sobre o assunto ficará suspenso até a conclusão do acordo.

Conforme divulgado pelo Ministério Público Estadual, esses valores não serão descontados de indenizações individuais ou da reparação socioeconômica, nem têm relação com pagamentos emergenciais já efetuados.

O caso é referente à remoção de 492 pessoas no dia 8 de fevereiro de 2019, durante a madrugada, depois que a barragem sul superior da mina Gongo Soco não teve recebeu o atestado de estabilidade.

O G1 entrou em contato com a Vale e aguarda o retorno com o posicionamento da mineradora.

Os vídeos mais vistos do G1 Minas nos últimos dias:
Comunicar erro
InfoJud 728x90

Comentários

Agro Noticia 728x90