Coronavirus 1456x180

Filhas de Maradona prestam depoimento ao Ministério Público sobre morte do pai

Por Redação em 26/02/2021 às 18:50:08

Jana e Gianinna, filhas de Diego Maradona, foram nesta sexta-feira, 26, ao Ministério Público de San Isidro para complementar o depoimento que prestaram logo após a morte de seu pai, a pedido de promotores, após terem verificado os telefones celulares do ídolo argentino. Três meses e um dia após a morte de Maradona devido a uma parada cardiorrespiratória aos 60 anos, sete profissionais da saúde são investigados por suposta negligência médica. De acordo com a investigação judicial, Jana e Gianinna Maradona mantiveram contato contínuo com a equipe médica que cuidava da saúde do craque.

Gianinna Maradona, de 31 anos, é filha de Claudia Villafañe, que foi esposa de Maradona entre 1989 e 2003. Jana Maradona, 24, é filha de Valeria Sabalain, foi reconhecida pelo pai em 2014 e desde então tinha uma relação muito próxima com o ídolo. Ela deveria comparecer ontem, mas pediu ao promotor para comparecer nesta sexta. O Ministério Público de San Isidro, na província de Buenos Aires, solicitou as prorrogações das declarações depois de ter acesso a dois telefones celulares de Diego Maradona e após os depoimentos dos médicos que atenderam o treinador nos últimos meses.

Os investigados pela Justiça argentina são o neurocirurgião Leopoldo Luque, apontado como médico particular de Maradona; a psiquiatra Agustina Cosachov, o psicólogo Carlos Díaz, a médica Nancy Forlini, a enfermeira coordenadora Mariano Perroni e os enfermeiros Ricardo Almirón e Dahiana Gisela Madrid.

*Com informações da EFE

Fonte: JP

Comunicar erro
InfoJud 728x90

Comentários

Agro Noticia 728x90