"O caminho é o diálogo", diz Alckmin sobre proposta de reoneração

Por Redação em 07/02/2024 às 17:20:33

Diálogo é o caminho para a proposta de reoneração de 17 setores passar no Congresso, na opinião do vice-presidente, Geraldo Alckmin. Ele participou do programa Bom Dia Ministro, da EBC, nesta quarta-feira.

Alckmin defendeu que o cumprimento da meta fiscal de déficit zero neste ano é importante para a economia crescer e os juros caírem. Segundo ele, a proposta dos parlamentares aumentou o custo.

A proposta do Congresso estendia até 2027 a desoneração da folha de pagamento dos 17 setores que mais empregam. Em meio a negociações difíceis, o vice-presidente defendeu que o governo está aberto ao diálogo.

"O caminho é o do diálogo. A meta é ter déficit zero este ano. Na nossa proposta ao Congresso eram só os 17 setores, mas incluíram os municípios. Então dobrou. O custo, que era de R$ 9 bilhões, passou para R$ 18 bilhões. Quando eu digo que vou abrir mão de R$ 9 bilhões, tenho que dizer o que vou cortar ou o que vou aumentar de impostos para poder compensar", disse.

Alckmin, que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, disse que a pasta pretende descentralizar a indústria no país, saindo do eixo Rio-São Paulo.

Ele defendeu medidas para estimular a inovação, sustentabilidade, eficiência e exportações.

Disse também que o setor automotivo informou a ele, numa reunião, que pretender investir R$ 100 bilhões nos próximos anos.

Fonte: IG

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90