Abraham Weintraub é demitido da Unifesp por faltas injustificadas

Por Redação em 07/02/2024 às 11:18:05

Foto: Reprodução internet

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub foi demitido de seu cargo de professor na Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) devido a faltas injustificadas. A decisão foi tomada pela CGU (Controladoria Geral da União) e publicada no Di√°rio Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 7. Weintraub atuava como professor de ci√™ncias cont√°beis desde 2014, mas seus vencimentos j√° estavam suspensos desde abril do ano passado. Na ocasião, foi aberto um processo administrativo para investigar as faltas injustificadas do ex-ministro, assim como as de sua esposa, Daniela Weintraub, que também era professora na universidade.

Com a demissão, Weintraub fica proibido de exercer funções de confiança no governo federal pelos próximos oito anos. Abraham foi o segundo ministro da Educação durante o governo Bolsonaro. Ele deixou o cargo após 14 meses, depois da divulgação de um v√≠deo em que chamava os magistrados do STF(Supremo Tribunal Federal) de "vagabundos" durante uma reunião ministerial.

Publicado por Caroline Hardt

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Fonte: JP

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90