Suspeitos no assassinato de decorador e ex-candidato a vereador são presos no litoral de SP; VÍDEO

.

Por Redação em 09/12/2023 às 06:24:27

Quarteto estava com veículo roubado da vítima. Ricardo Santos Souza, de 42 anos, foi encontrado morto dentro de casa com sinais de facada e violência no rosto em Barueri (SP). Suspeitos são presos por envolvimento na morte de decorador e ex-candidato a vereador

Quatro suspeitos de envolvimento na morte de um decorador e ex-candidato a vereador de Barueri, na região metropolitana de São Paulo, foram presos com o carro roubado da vítima, no bairro Ocian, em Praia Grande, no litoral paulista. Ricardo Santos Souza, de 42 anos, foi encontrado morto dentro de casa com marcas de facadas e violência no rosto. Imagens obtidas pelo g1, neste sábado (9), mostram os criminosos saindo com o automóvel roubado após o crime (veja acima).

? Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO), policiais militares foram informados de que o veículo da vítima de latrocínio -- roubo seguido de morte -- em Barueri estaria se deslocando para a Baixada Santista.

O carro foi flagrado por câmeras de monitoramento entrando em Praia Grande, por volta das 13h47 da última quinta-feira (7), momento em que policiais iniciaram as buscas. Os agentes encontraram três homens e uma mulher ao lado do carro.

Durante a abordagem, os policiais encontraram uma camiseta amarela com manchas de sangue e diversos cartões bancários da vítima em posse do suspeito, de 26 anos.

Ao ser questionado sobre o veículo, o suspeito disse ter pegado o carro emprestado com um amigo para passar o dia na praia. Ele também disse desconhecer a morte da vítima.

A namorada dele, de 31 anos, contou que estão juntos há dois meses e nunca tinha o visto com o veículo, pois usavam transporte por aplicativo.

Outro homem, de 30 anos, apresentou-se como primo do suspeito e disse que não o via há nove anos, pois estava preso. Ele também disse não conhecer a origem do automóvel.

Já o outro suspeito, de 28 anos, afirmou que estava bebendo em um bar quando foi convidado para a viagem.

Prisão

Quatro suspeitos de envolvimento na morte de decorador e ex-candidato a vereador de Barueri (foto) são presos em Praia Grande, SP

Divulgação/Polícia Civil e Arquivo Pessoal

Diante dos fatos, os quatro foram encaminhados à Central de Polícia Judiciária (CPJ) do município, onde o caso foi registrado como localização e apreensão de veículo roubado. Eles permanecem à disposição da Justiça.

A Polícia Civil apreendeu o carro roubado, uma camiseta amarela com manchas de sangue, bem como cartões bancários em nome da vítima encontrados em posse dos indiciados e aparelhos celulares.

Em entrevista à TV Tribuna, afiliada da Globo, o delegado responsável pelo caso, Alex Mendonça, afirmou que solicitou a conversão da prisão em preventiva, o que foi acatado pelo Poder Judiciário durante audiência de custódia do quarteto.

"Eles caíram em contradição em vários momentos durante o interrogatório e as provas são contundentes no sentido de que eles são envolvidos", disse Mendonça.

Crime

Suspeitos de envolvimento na morte de decorador são presos em Praia Grande, SP

Segundo o BO, guardas civis municipais (GCM's) de Barueri foram acionados para atender a uma ocorrência de encontro de cadáver em residência, na manhã da última quinta-feira (7), no bairro Vila São Silvestre da Cruz Preta.

Após os agentes chegarem ao local, uma testemunha disse que trabalhava em uma empresa de decoração junto com o homem e, por conta dele ter atrasado por 30 minutos, foi até a casa para ver o que teria ocorrido.

Ela afirmou ter entrado no imóvel pela janela, pois a porta estava trancada. A vítima foi encontrada morta no quarto.

O local foi preservado pela GCM. A Polícia Civil foi acionada, a área isolada e em averiguação inicial os agentes identificaram sinais de violência no rosto e lesões provocadas por faca.

De acordo com o BO, testemunhas foram levadas à delegacia com objetivo de identificação da autoria do crime. Uma delas informou que o assassino teria fugido do local com o carro da vítima.

Ainda de acordo com testemunhas ouvidas pela polícia, há a possibilidade de crime passional, pois a vítima era homossexual e tinha vários parceiros, e teria saído de uma festa e ido para casa com um deles na noite anterior ao crime, que foi registrado como homicídio na Delegacia de Barueri.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Fonte: G1

Comunicar erro
Agro Noticia 728x90